Velhas Virgens – Ninguém Beija Como As Lésbicas (2009)

Dá gosto ver que, mesmo depois de duas décadas de carreira, os paulistanos da banda das Velhas Virgens não se acomodaram. É um álbum que refina ainda mais a mistura de rock clássico e blues do grupo, chegando a flertar com o punk e com o ska em algumas faixas, sempre com doses generosas de vigor e energia. Conceitualmente, “Ninguém Beija como as Lésbicas” já é uma inovação para as Velhas: trata-se de uma ambiciosa ópera rock, cujas faixas são interligadas por efeitos sonoros, ambientando-as como se fossem as muitas histórias que se desenrolam em um único mundo. Enquanto a molecada recorre ao óbvio, são os velhacos que ousam e subvertem o rock & roll tupiniquim.
Esse post foi publicado em Velhas Virgens. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s