Estorvários – Matar Ou Morrer (2010)

“Desafiando o pouco período de existência a banda mineira Estorvários, da cidade de Contagem não quis perder muito tempo para lançar a sua primeira gravação. A Demo se trata de cinco músicas de autoría própia, idealizadas de brigas e bebedeiras. O grupo desenvolve um estilo único e bem exclusivo chamado de “Poesia Alcoólica Violenta”. “Matar ou Morrer” trás curiosidades internas como o retorno do baixista Elmo Junior, um membro que originalizou a banda. Anteriormente o cargo era sucedido por Junior Oliveira, um cara mais experiente que havia passado por várias bandas na região, mais que infelismente se apresentou em um único ensaio, devido a aprovação na entrevista de emprego bem concorrido e rapidamente conseguiu vaga, tendo folga somente aos domingos. Sendo assim o Estorvários convida Filipe, baixista da banda street punk Karniça di Garage. Uma pessoa que sem dúvida não tinha o estilo certo, mas que era amigo dos alcoolizados e que sabia tocar a maioria das músicas.
E em uma bela noite de muita descontração e bebedeira entre amigos, Elmo Junior revela ao vocalista Israel Martins ter se arrependido de ter saído da banda e que se pudesse, estaría disposto a voltar. Então dias depois após uma séria reunião na residência do baterista Philipp Augusto, o ex-baixista retorna ao seu posto e a banda com suas cinco músicas resolve gravar seu primeiro trabalho. São Elas: Sonho de Louco, Que Seja Assim, Matar ou Morrer, Homem do Bem e Aquele Bar.”
Esse post foi publicado em Estorvários. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s