King Diamond – Voodoo (1998)

Lançado em 1998, “Voodoo” é o 11º álbum de King Diamond. Em “Voodoo” King conta a história de uma velha casa (“A mansion if you will”, diz ele na segunda faixa, “LOA House”) que é comprada por um casal – os Lafayette – que está prestes a ter seu primeiro filho. Perto da velha casa existe um antigo cemitério onde acontecem rituais de magia negra e vudu, e tão logo os novos moradores chegam, resolvem destruí-lo. E aí começam os problemas do casal. Os acontecimentos se desenrolam em 1932, em algum lugar às margens do rio Mississipi, no estado americano de Louisiana. Musicalmente falando, é um típico disco de King Diamond: guitarras altas, cheias de riffs empolgantes e solos cortantes (a cargo de Andy La Rocque e Herb Simonsen); cozinha eficiente (com Chris Estes no baixo e John Luke Hebert na bateria) e teclados discretos criando climas macabros (tocados pelo próprio King Diamond e Andy La Rocque). Mas o destaque fica por conta, claro, dos vocais. Por causa deles, King é amado por muitos, ao passo que também é odiado por outros tantos.
Esse post foi publicado em King Diamond. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s